Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

A mostrar mensagens de Janeiro, 2010

Hino da União

Da autoria do nosso sócio Sílvio Teixeira, depois do desafio lançado, aqui fica o Hino de sua autoria relativo ao Centenário da nossa colectividade:

União dos associados,
Nos propósitos bem artista,
Com os desejos bem moldados,
Para acção bem futurista.
Com um relevante passado,
Festeja o centenário,
Com o valor bem elevado,
Para um melhor cenário.
Esperança na juventude,
De mais cem anos a decorrer,
A chegar à plenitude,
Numa ânsia a não perder.
Percurso a continuar,
Em consistente União
Artística, bem prolongar,
A nossa Associação.
Bailaricos a realizar,
Para juventude reunir,
Forma de o tempo bem passar,
Para assim tão bem distrair.
Cultura bem mentalizada,
Uma força para o porvir,
De maneira bem alcançada,
Num futuro que está para vir.

Um episódio da revolução de 1910

Transcrevemos do "Novo Mundo",
semanário ilustrado de 8 de Janeiro de 1911, o seguinte episódio:

"Interessante é, também a história do soldado de cavalaria, a quem, na noite da revolta, o tenente do esquadrão confiara uma vedeta de observação. -Tu ficas aqui, percebes? - e tens por obrigação expiar os movimentos do inimigo. Ao primeiro movimento, corres o mais depressa possível, até ao quartel general, a informar-me da direcção das tropas revolucionárias. - Vá o meu tenente descansado. Se o oficial se retirou descansado, o soldado é que ficou inquieto, porque a fusilaria continuava, as granadas rebentavam com estrondo, enviadas do alto da Avenida, e já algumas balas lhe tinham zunido aos ouvidos, com uma insistência que nada tinha de prometodora. O soldado aguentou-se a cavalo enquanto pode; mas a certa altura, o sacrifício pareceu-lhe verdadeiramente heroico. Então desmontou e abrogou-se atrás do cavalo, murmurando, sem ter consciência do que dizia, o velho prolóquio: - Mo…